Voto na legenda

domingo, 30 de setembro de 2012 às 22:22.

por Marco

Voto de Legenda
Já vimos aqui no QG uma explicação do que são os votos brancos e nulos, além de vermos que se mais de metade da população votar nulo, as eleições NÃO serão canceladas, e no QG Podcast 47 abordamos a questão do quociente eleitoral. Agora explicaremos o que acontece com os votos feitos na legenda do partido, regra que se aplica aos cargos de vereador, deputado estadual e federal (lembrando que em 2012 votaremos apenas para prefeito e vereador).

Se você não tem um candidato a vereador e simpatiza com os ideias de determinado partido, você pode votar na legenda deste, direcionando o seu voto ao partido e não a um candidato específico. O que acontece então, é que os votos feitos na legenda serão divididos entre os candidatos mais votados daquele partido, o que acaba sendo uma faca de dois gumes, pois enquanto você pode estar ajudando um ideal que apoia, por um lado você poderia estar auxiliando um candidato de má indole daquele partido a se eleger, ganhando de outro candidato mais apto em um partido concorrente.

Vou tentar simplificar, imagine que o candidato José Honesto teve 1000 votos e o Pedro Picareta teve 800 votos. Obviamente o Sr. Honesto venceria as eleições, mas considerando que ambos sejam os mais votados de seus respectivos partidos e que o partido do Sr. Picareta teve 300 votos de legenda, o Sr. Picareta acaba eleito com 1100 votos!
(Lembrando que apesar do exemplo simplista, os votos são divididos entre os candidatos mais votados do partido, então cuidado pois além do Sr. Picareta, na prática poderiam ser eleitos também o Sr. Corrupto e a Sra. Pilantra, etc…).

Por outro lado, infelizmente existe outro ponto delicado a que esta questão nos remete… além dos seus próprios, os vereadores votam os projetos feitos pelo prefeito, caso o prefeito eleito seja de um partido representado por uma minoria na câmara, os vereadores podem não aprovar seus projetos, não por serem ruins para o povo, mas por questões políticas e partidárias. Então acaba sendo interessante que o partido do prefeito tenha maioria de representantes na câmara, principalmente se o candidato que você escolher para prefeito seja alguém que você realmente confia e acredita nas propostas.

De qualquer forma, para fazer um voto na legenda, no momento de votar para vereador, basta digitar na urna eletrônica o número do partido escolhido (dois digitos) e pressionar “Confirma”.

Por fim, enquanto o nosso país não passa por uma grande reforma política, o ideal é pesquisar bem em qual candidato a prefeito irá votar e após tomar a sua decisão, pesquise por candidatos a vereador do mesmo partido e que sejam sérios e de confiança. Assim você não dá um tiro no escuro e faz um voto útil, consciente e ajuda no crescimento da sua cidade, do seu país e da sua própria vida.

Fontes:
Folha do Oeste
Tira dúvidas – Eleições 2012 (TSE)
Ultimo Segundo

Categorias: Sociedade. Tags: , , , .