Imposto justo para video games!

sábado, 24 de abril de 2010 às 23:47.

por Marco

Participe! Durante o GameWorld 2010, que ocorreu em São Paulo no final de março, foi anunciada pelo diretor da editora Tambor, André Martins, a campanha Imposto justo para video games, que visa forçar a aprovação do projeto de lei 300/07, que estende para os videogames os benefícios que desoneram produtos de informática.

A campanha ilustra que a indústria dos games já superou as indústrias da música e cinema, sendo que o Brasil representa apenas 0,5%, menos até que o México. Isso se deve aos altos impostos sobre os games, que faz com que paguemos o triplo dos valores pagos pelos americanos e até mais. Um Nintendo Wii por exemplo, que nos Estados Unidos custa US$199 (R$350, na cotação de hoje), no Brasil custa entre R$790 e R$1500, já um PS3, que tem seu preço original em US$299 (R$520), tá saindo aqui por até R$1800 [Preços consultados no dia 24/04, em Amazon.com e ShoppingUOL.com.br], são diferenças absurdas!

E essa alta taxação, segundo a própria campanha, estimulam a pirataria, prejudicam o consumidor, os varejistas, os estudantes de desenvolvimento de games, desenvolvedores e publishers de games, entre outros prejuizos.

Se o projeto de lei 300/07, apresentado pelo até então deputado Carlito Merrs (PT-SC) for aprovado, sentiremos a baixa nos preços instantâneamente, o que é bom para todos!

Então participe! Basta acessar o site da campanha e deixar a sua marca no abaixo-assinado que está sendo promovido: impostojustoparavideogames.com.br

Não deixe de seguir também, o twitter da campanha: @impostojusto

O QG apóia esta iniciativa, participe você também e divulgue a seus amigos!

Categorias: Campanhas. Tags: , , .