O tempo que ficou (incompleto)

sexta-feira, 4 de setembro de 2009 às 10:48.

por Marta

flyer_galharufaAssistir à peça O tempo que ficou (incompleto) é mais do que ir ao teatro. Primeiro porque não é exatamente um teatro, e sim um bar teatro, em São Paulo. O lugar é aconchegante, barato e bacana para quem não gosta do teatro formal, mas gosta de ver expressões artísticas.

O tempo que ficou (incompleto) conta a história de um casal que resolve ter um namoro com data para terminar: em três meses, cada um seguiria para seu lado. A peça – que acontece bem aos nossos pés, em um teatro pequeno – mostra essas últimas horas de despedida, nos emocionando entre músicas e lembranças.

Tão doce e veloz quanto esses momentos são, a peça nos marca pela simplicidade e torna “ir ao teatro” algo tão normal e gostoso de fazer com os amigos quanto ir ao bar. Mas mais bonito, isso podemos garantir!

Serviço:
O Tempo que Ficou (incompleto) – Blog e Twitter
Dirigindo por Marcos Lemes. Texto de Alberto Cataldi. Intérpretes: Fernanda Tsuji e Valmir Junior
Apresentação: até 17 de outubro no Galharufa – Praça Franklin Roosevelt, 82, Consolação, SP. Sextas às 22h e sábados às 21h.
Preço: R$20. Estudantes pagam meia. Rola um sorteio no fim da peça, no dia da cobertura do QG era um jantar e uma pizza.

Marta tinha tanto para falar dessa peça, mas não saiu nada além do óbvio nesse post. Portanto, veja – quem sabe assim consiga explicar o que senti assistindo.

Categorias: Eventos. Tags: , , , .