Proibição de Games – Por Stephen King

quinta-feira, 26 de junho de 2008 às 15:29.

por Harnest

Stephen KingO autor Stephen King, conhecido por escrever histórias de suspense e terror que foram adaptadas para o cinema como “O Iluminado” e “Carrie, a Estranha”, publicou em sua coluna sobre cultura pop para uma revista norte americana uma crítica referido ao projeto de lei que visa a
proibição de jogos violentos para menores de 18 anos.

Segundo o autor, não se considera fã de jogos eletrônicos, mas se declarou indignado ao saber da medida, que seria antidemocrática e que cabe aos pais monitorar o entretenimento de seus filhos. “O que me deixa furioso é que políticos decidam assumir o papel de pais substitutos. Os resultados disso são usualmente desastrosos, além de antidemocráticos”, escreveu King.

Enquanto é discutido em países ‘desenvolvidos’ se menores de idade devem ter acesso a jogos violentos, em outubro de 2007 o Brasil (Através da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado de Minas Gerais) proibiu a qualquer público, menores de idade, ou não, ao acesso à esse tipo de entretenimento.

Harn faz as palavras de Stephen King as suas.

Categorias: Campanhas.